top of page

10 REGRAS PARA SER UM BOM PROGENITOR MONTESSORIANO

Atualizado: 16 de jul. de 2019

Abordagem, materiais, actividades e ambiente: tudo deve ser coordenado para educar uma criança de acordo com o método Montessori. Mas como deve ser um progenitor, para realizar essa tarefa da melhor forma possível? No seu livro “Come liberare il potenziale del vostro bambino - Manuale pratico di attività ispirate al metodo Montessori per i primi due anni e mezzo”[1], Daniela Valente identificou uma série de regras para colocar em prática[2].



1. TRATEM A CRIANÇA COM RESPEITO

É importante que tenham uma atitude respeitosa em relação ao vosso filho, a mesma que teriam para com um adulto que amem e estimem. Evitem dar-lhe ordens, ao invés usem fórmulas de cortesia para com ele num tom calmo e paciente. Outra coisa é baixarem-se à altura dele quando lhe falam, de modo a poder olhá-lo nos olhos quando lhe falam e não de cima para baixo.


Respeito também nos mimos

Tratar a criança com respeito não implica que não seja mantido o papel de educador, mas significa considerar o outro como uma pessoa independente, não como nossa propriedade. Isto aplica-se também aos mimos: peçam-lhe autorização antes de dar-lhos, ou dêem-nos só se vos pedir. É bom recordar-se que não são cachorrinhos, mas seres humanos autónomos.



2. DISCIPLINA POSITIVA

Segundo Maria Montessori, cada criança veio ao mundo com uma tarefa especial para realizar, e a nossa tarefa é a de ajudá-la a encontrar o seu caminho acentuando o lado positivo das coisas. Para isto, é importante que utilizem formas linguísticas afirmativas, elogiando as suas acções e c